IMIGRANTES EUROPEUS- 1870 - 1900

Listas de Imigrantes - I  

       

        As listas disponíveis nesta página, apresentam a relação de imigrantes vindos ao Brasil, Paraná para as várias regiões, no decorrer do final do século XIX e início do século XX. São imigrantes que se instalaram nas Colonias criadas pelo Governo Brasileiro no período da colonização e emigração europeia.

    Aos descendentes que procuram pelos seus antepassados ou pretendem construir a Árvore Genealógica da família, nesta página consta a relação de imigrantes das várias Colônias do entorno de Curitiba/PR, Região Metropolitana e de outras Regiões.

        Constam as seguintes Colônias: Pilarzinho (1871), Abranches; Santa Cândida, Lamenha/Al.Tam/PR (1873); Tomás Coelho (1875)/Araucária e regiões; Nova Orleans (1876); Santo Inácio/CTBA (1876); Rivier (1876); Dom Augusto (1876); Colônia Dom Pedro II(1876)/Campo Largo/PR.                       As referidas informações foram extraídas de livros referenciados de vários autores, abaixo. Os de outras regiões do Estado e de Santa Catarina as informações constam na Lista de imigrantes II (WACHOWICZ, Ruy C. Orleans: Um século de subsistência. Curitiba: Ed. Paiol,1976).

 

 Como fazer a pesquisa de imigrantes -  e construir a Arvore Genealógica 

      Nesta parte são apresentadas algumas orientações e informações de como realizar a pesquisa sobre os familiares imigrantes.

      Para iniciar a pesquisa sobre os imigrantes, familiares, importante primeiro verificar a grafia correta do sobrenome em algum documento. Depois  identificar para qual colônia/Estado, eles se dirigiram e fazer a busca na Paróquia ou Capela da Colônia identificada da Colônia em que moravam, buscar em livros de batizados, de casamentos, falecimentos. Pois naquela época os imigrantes eram registrados na capela/Paróquia local das colônias, assim como as suas terras. 

     Pesquisar em cartório local da época e se possível visitar o localidade de sua moradia na colônia, pois os vizinhos ou conhecidos podem ajudar, por meio da história oral, sobre os antepassados. 

      Pesquisar no Consulado Geral da República da Polônia/ Curitiba. No Arquivo Nacional no site: http://www.arquivonacional.gov.br. Neste local  há um dossiê do emigrante. Em 1930 todos os imigrantes poloneses, tinham que se apresentar ao Consulado da Polônia em Curitiba e à Polícia, mediante convocação e registro. Importante procurar também no Arquivo Público da sua cidade.

       Se for do Paraná fazer as buscas no Arquivo Público do Estado do Paraná. Neste local pode encontrar  o registro de entrada dos imigrantes e a cidade de sua origem. Essa busca pode ser feita pessoalmente ou pela internet na Divisão de Documentação Permanente - (DDP). Também no Setor de Acesso à Informação - (SAI)  e no Setor de Pesquisa Histórica. Procurar também no Arquivo Público do Estado Santa Catarina, no Arquivo Público de São Francisco, de Jaraguá e de Joinville em SC. Pesquisar em sites do Museu do Imigrante do Rio de Janeiro e de São Paulo. 

     Importante entender que a maioria dos imigrantes europeus na década de 1870/1900, vinha para o Rio de Janeiro e permaneciam na hospedaria do Imigrante/Ilha das Flores e depois seguiam para o Sul, em Vapores via Desterro/Santa Catarina para o Porto de Dona Francisca e depois seguiam para o Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Uruguai e Argentina. Havia imigrantes que vinham por Paranaguá/Paraná. 

      Mas os muitos imigrantes das colônias das regiões de Curitiba, são provenientes das Colônias Dona Francisca, São Bento, Blumenau, Gaspar entre outras. Depois de permanecer por algum tempo nas colonias de Santa Catarina, migravam para o Paraná ou migravam entre as colônias do sul. Vinham em busca de melhores terras para a agricultura, existência de conflitos e riscos em função dos povos indígenas ou para ficar próximo aos familiares e conhecidos. 

       

Outros locais de Pesquisa 

      No Arquivo Público do Paraná existe uma vasta documentação em Relatórios do Governo do Paraná do século XIX, desde 1870, Leis e listas de imigrantes/Doc. manuscritos. Na Biblioteca Pública do Paraná, no setor de História, podem ser encontrados documentos sobre a imigração desde os primórdios, assim como existem jornais da época (1860/1900 ...) disponíveis. E no Instituto Geográfico no Paraná. 

     Em  pesquisas nos Sites, importante ter a percepção que no movimento migratório, muitos poloneses vieram fugidos sem documentos e outros acompanharam a imigração Alemã para as Colônias do  Sul do Brasil. Neste caso é comum aparecer as alterações de nomes dos imigrantes. Neste período a Polônia estava submetida ao domínio Autro-húngaro Prussiano(Alemão) desde 1795  até 1918. Dependendo da qual região de domínio na Polônia que os imigrantes saíram e em que período, no entanto o embarque era dificultado, realizado também na clandestinidade  e outros mediante documentação legal/passaporte. Ver Wachowicz ,1970 Anais de Comunidade polonesa. E Mafalda Ales Sikora (2014), Dissertação de Mestrado /UTFPR.

      Abaixo estão alguns dos site , que tem  ajudado nas pesquisas de imigrantes europeus de várias nacionalidades.  

 Dupla Cidadania Polonesa, como fazer :

     Para conseguir a Dupla Cidadania Polonesa, procurar por orientações em locais que apresentem seriedade do trabalho, se certificar sobre a sua idoneidade, para evitar a ação e exploração de charlatões ou cobranças indevidas.

     Consultar o Consulado Geral da República da Polônia de Curitiba/

      O site oficial do Consulado Geral em Curitiba é www.kurytyba.msz.gov.pl.

      Ou 

      Link:   http://cidadaniapolonesabr.com.br/consulado-geral-da-polonia/ 

       Ou

      Link:   http://cidadaniapolonesabr.com.br/embaixada-polonesa-brasilia/

  SITES DE AJUDA PARA PESQUISA -  Links abaixo:

 

Link:   http://www.arquivohistoricojoinville.com.br/Acervo/Acervos.htm

 

Link: http://www.joinville.sc.gov.br/servicos/consultar-lista-de-imigrantes-de-joinville/ 

Link:   http://www.cbg.org.br/baixar/links_sites_pesquisa.pdf

Link:   https://familysearch.org/search

 

Link:   http://search.ancestry.co.uk/search

 

Livros de referência - Das Listas de Imigrantes,  apresentadas,  abaixo:

 

SWIERCEK, Wendelin. A Seara do Semeador, Curitiba:Vicentina,1980.

WACHOWICZ, Ruy C. Orleans: Um século de subsistência. Curitiba: Ed. Paiol,1976.

WACHOWICZ, Ruy C. Tomás Coelho: Uma Comunidade Camponesa. Curitiba:Real Artes Gráfica, 1977.

WACHOWICZ, Ruy C.  Abranches: Um estudo da História demográfica. Curitiba:Gráfica Vicentina, 1976.

ARQUIVO PÚBLICO DO PARANÁ - Dados históricos de imigrantes. Década de 1870/1880. 

INSTITUTO DE TERRAS E CARTOGRAFIA DO PARANÁ - década de 1870/1900. Para encontrar Colonias. 

Fotos desta página do Site: São de internet 
Publicação de : Mafalda Ales Sikora
O site Culturartepolonesa.com/ não realiza trabalho de pesquisa
sobre familiares de imigrantes.
Relação de Listas de Imigrantes

Colônia Araucária

Relação de imigrantes, segundo o Livro:  Pe. Wendelin Swiercek. A Seara do Semeador, Curitiba:Vicentina,1980.

Colônia Orleans 

Relação de Imigrantes, segundo o Livro de Ruy Wachowicz. Orleans: Um século de subsistência. Curitiba: Ed. Paiol,1976.

Colônia Orleans 

Relação de imigrantes, segundo o Livro:  Pe. Wendelin Swiercek. A Seara do Semeador, Curitiba:Vicentina,1980.

 

Colônia Tomas Coelho e Região.

Relaçaõ de Imigrantes segundo o Livro: Ruy C. Wachowicz. Tomás Coelho: Uma Comunidade Camponesa. Curitiba:Real Artes Gráfica, 1977.

Colônia Tomas Coelho 

Relação de imigrantes, segundo o Livro:  Pe. Wendelin Swiercek. A Seara do Semeador, Curitiba:Vicentina,1980.

 

Colônia Dom Pedro II

Relação de imigrantes, segundo Dados do Arquivo Público do Paraná e Instituto de Terras e Cartografia/PR- 1870/1880

E do Livro:  Pe. Wendelin Swiercek. A Seara do Semeador, Curitiba:Vicentina,1980. 

Cadastro de Dom Pedro II, registro dos Primeiros Imigrantes Poloneses segundo os dados do Arquivo Público do Parná e do Instituto de Terras e Cartografia - decada de 1870/1880

 

João Hyla

Augusto Jazcerski

José Laskoski

José Putulski

Pedro Brzoski

Anna Putulski

Francisco Ronkoski

Jose Balzer

Jose Lass

Jose Przbzszenski

João Stobzenski

João Stobzenski

Jose Zelinski

Augusto Gronkoski

Roberto Homan p/ Francisco Ciachoroski

Simão Mukwieski

Estanislau Doynski

Ilário Salenski

Leonardo Gorenski /Adam Bilinoski

Leonardo Gorenski /André Bilinoski

Franscisco Emerit Julgai p / Miguel Rendak e p/ Jan Borkowski

Paulo Wisniarski

Bráz Rozycski

Felyp Mazur

Colônia Abranches 

Relação de Imigrantes segundo o Livro: Ruy C. Wachowicz. Abranches: Um estudo da História demográfica. Curitiba:Gráfica Vicentina, 1976.

Colônia Lamenha

Relação de imigrantes, segundo Dados do Arquivo Público do Paraná, do Intituto de Terras de Curitiba/PR.

E do Livro:  Pe. Wendelin Swiercek. A Seara do Semeador, Curitiba:Vicentina,1980

Informamos que este site é informativo e de apoio. Não realizamos pesquisa de imigrantes. 
Orientações para busca de familiares imigrantes, se encontram no topo desta página.

© 2015 por Culturarte.polonesa. Orgulhosamente criado com Wix.com