Cultura e Tradições Polonesas

Culturartepolonesa 

 Tradições Polonesas - Colônia Dom Pedro II

     A imigração polonesa ao Paraná/Brasil (1870) com a sua cultura eslava, influenciou muitas regiões. Nas Colônias Polonesas do Paraná, assim como na Colônia Dom Pedro II/Campo Largo/PR, os imigrantes deixaram a sua marca, expressa pela sua cultura, costumes e tradições, provenientes da Polônia. No decorrer desses séculos a cultura e as tradições se mantiveram em muitas regiões onde habitam poloneses, e suas tradições são representadas pelas músicas e danças, comidas típicas, arquitetura, habitações, entre outros, embora venham sofrendo influencias de outras nacionalidades, ainda se mantem.

     As  manifestações das tradições culturais estão presentes na vida dos poloneses na Colônia Dom Pedro II, desde o início da imigração (1876), é decorrente do conhecimento dos antepassados, originado na Polônia. Desde o final do século XIX e no decorrer do século XX, foi passado para as gerações presentes. Segundo Sikora e Belinoski (1997), a cultura polonesa é representada pelas diversas tradições.

 

  Tradições da Música, Folclore e Festas.  

       Música Polonesa:   A cultura polonesa manifestada pela música e danças se desenvolveu de diferentes formas nas regiões da Polônia entre os séculos XVI a XIX. A música e as danças se originaram da fusão de vários elementos de danças regionais na Polônia.

      Na Colônia Dom Pedro II os instrumentos de música, como o Violino, era o mais apreciado nas famílias polonesas, assim como o Clarinete, Violoncelo e a Sanfona.  Surgiram vários Conjuntos de música polonesa, nesta Colônia e nas Colonias polonesas do entorno, tais como : O Conjunto de Música dos Nalepa, dos Kudlaviec, dos Halerz, dos Kmiecik. Atualmente  existem Conjuntos de Música polonesa como "Conjunto de Música Lembranças"dos Ales e Swuartz ". Em outras colônias há Conjuntos de Música polonesa como o Conjunto de Música Bela Vista; Solo do Celso Taborda; Conjuntos do Coração Nativo; Solo do Ignácio Arent; Solo do Ivo Rendaki; Conjunto de Música Gaideski; Conjunto de Música dos Poncheki. Esses Conjuntos tocam a Música polonesa em eventos e também se apresentam no Programa: A Hora Polonesa - Radio Iguaçu AM, aos domingos as 13:30hs sob a direção de Adão e Angela Wilinski - Municipio de Araucária, Paraná.

   Folclore : A cultura Polonesa se caracteriza com uma diversidade, atraente, alegre e muito rica, pelos seus aspectos folclóricos. A cultura polonesa embora acompanhe as tendências do mundo ocidental, na busca dos novos enfoques, preserva a Cultura dos antepassados pelas tradições culturais do folclore, representado pelas músicas e danças folclóricas com coreografias de diversas regiões da Polônia. 

     

   Benção de Alimentos - Swięconka: De acordo com a etnografia, as tradições da benção de Alimentos, é um costume dos ancestrais eslavos poloneses, realizado no sábado de Aleluia. Desde antigamente as pessoas festejavam a Páscoa com alguns tipos de alimentos e curiosamente, alguns alimentos era abençoados. Ao longo da história, o costume da Benção de Alimentos foi tomando forma simbólica cristã e atualmente é praticado por diferentes etnias. 

     

    Festa pós Páscoa. É uma tradição polonesa que se realizava na segunda feira após a Páscoa, conhecida como, “Smigus Dyngus” ou “o dia de se molhar”. Significando a purificação e início da primavera, (ALES; SIKORA, 2008).

    Advento 

   O "Advento" anuncia a boa nova. E a celebração do período de preparação do Natal.  Nas Colônias polonesas do Paraná, como a Colônia Dom Pedro II, as famílias se preparam espiritualmente com a participação de missas do Advento, de novenas de Natal, rezam o terço acompanhados de cantos poloneses. Nessa época organizam a árvore e o presépio de natal e decoram a casa. Preparam as comidas e bebidas típicas  e doces variados ...... para o Natal.

    Festa de Natal

    No final do Advento se iniciam a celebração da Noite de Natal. Nesse período há uma preparação espiritual e festiva para o Natal, depois que as famílias organizaram a arvore e o presépio. Neste dia é preparada a ceia de Natal para celebração em família. São preparados 12 patos com diversas especiarias e grãos naturais e comidas típicas, bebidas e doces variados. A ceia se realiza no anoitecer, quando aparece a 1ª estrela no céu. 

    Kolędy

   Se origina dos povos eslavos baseados na história bíblica da vinda de Jesus em Belém. E uma tradição da Benção de Casas pelo padre da Paróquia. Seu costume foi praticado em outros países habitados por poloneses . No Paraná nas diversas Colônias Polonesas como a Colônia Dom Pedro II/Campo Largo, esse costume é preservado pelos descendentes de imigrantes poloneses. 

    

     Kolędy i Turón  

    Realizam-se  de forma festiva, durante a ocasião do natal até o Dia de Reis. As (kolędas do turón) são organizadas por grupos de pessoas que visitam as casas das famílias nas Colonias. O grupo com o (turón) ao chegar na casa da família, são saudados e com alegria os membros do grupo cantam e dançam. Vão de casa em casa, visitam com desejos de prosperidade para o Ano Novo.  Em troca das felicitações de Ano Novo, os anfitriões oferecem guloseimas. Esse costume é preservado ainda em várias regiões onde habitam descendentes de poloneses e mantem  essa tradição do (turón), SIKORA, Mafalda (2014).

    Festa da Primavera  

   A primavera é celebrada pelas varias festas. Simboliza o derretimento da neve e os campos verdes começam a crescer e os animais saem para pastar, iniciando um período de trabalho agrícola. Essa tradição na Polônia estava associada Deusa Eslava (Maržena), considerada como um tipo de espírito, representando o mal, o inverno frio, que deve ser abatida, afogada no rio. Daí ressurge a luz associada a essa Deusa da Primavera.

    Festa do Carnaval Polonês - Zapusty : Em países como a Polônia, o carnaval teve origem na Antiguidade,  conhecido como “Zapusty”.  Era decorrente das festas antigas. No decorrer dos séculos foram mudando seus costumes em tradições populares que envolvem músicas, danças e brincadeiras. com a tradicional dança do Sokola . Simboliza o período de jejum sem carne e despedida das festanças, encerra-se na quarta feira gorda. Depois dá início o período de jejum e abstinência e o tempo de Quarta Feira de Cinzas, período da Quaresma.

        

  Partes do conteúdo extraído da Dissertação de Mestrado. No uso de conteúdos, (citações em estudos e pesquisas), favor referenciar os Autores, sob consulta.  

  Link para Dissertação: Link -  CT_PPGTE_M_Sikora, Mafalda Ales_2014.pdf

 

   Referencia: 

  SIKORA, Mafalda Ales. As políticas de imigração no Brasil nos séculos XIX e XX e o desenvolvimento de territórios: Estudo de Caso da Colônia Dom Pedro II - (Campo Largo – Paraná) 2014. 210 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia) – Programa de Pós-Graduação em Tecnologia, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2014. 

 

 

Publicação e fotos de: Mafalda Ales Sikora

© 2015 por Culturarte.polonesa. Orgulhosamente criado com Wix.com