Imigração  Europeia 
Foto:Culturartepolonesa.
Culturartepolonesa 

   Imigração Europeia ao Brasil e ao Paraná -  Séculos XIX - XX

 

      A imigração europeia ao Brasil iniciou antes de 1850 e se intensificou a partir de 1870. Entre o final do século XIX e início do século XX, os imigrantes foram atraídos pela política desenvolvimentista do Governo Brasileiro, principalmente nas Províncias Meridionais, nos Estados de Santa Catarina, do Rio Grande do Sul e Paraná.

      Com a Política de terras (1850), colonização e imigração e  a extinção do tráfico de escravos (1850), o trabalho escravo foi sendo substituído pelo trabalho dos imigrantes europeus. Esses fatores somados às crises sócio-políticas econômicas na Europa, desencadearam em vários países os movimentos emigratórios (OLIVEIRA, 2009).

     A imigração polonesa ao Paraná teve início em 1869, e continuou a partir da década de 1870, no período, do Governo do Paraná, Adolfo Lamenha Lins (1875-1878) em que a Província, teve a colonização e o desenvolvimento agrícola. Os emigrantes italianos se dirigiram para São Paulo, litoral do Paraná e Rio Grande do Sul. Os alemães emigraram para Santa Catarina, os poloneses e os ucranianos se dirigiram para as colônias do Paraná (WACHOWICZ, 1972 ; SIKORA,2014). 

     As contribuições da emigração polonesa no Paraná proporcionaram o desenvolvimento regional, transformaram as terras em celeiros agrícolas. Houve influencias da cultura eslava nas tradições, habitação e arquitetura (casas de madeira), gastronomia, música e folclore. Na profissão, a maioria se dedicou ao trabalho na agricultura, pecuária e, em menor número, ao comércio e às indústrias (DIÉGUES JUNIOR, 1980).

 

Conteúdo extraído da Dissertação de Mestrado.  No uso de conteúdos (citações em estudos e pesquisas), favor referenciar os Autores, sob consulta. 

Link - CT_PPGTE_M_Sikora, Mafalda Ales_2014.pdf

 

SIKORA, Mafalda Ales. As políticas de imigração no Brasil nos séculos XIX e XX e o desenvolvimento de territórios: Estudo de Caso da Colônia Dom Pedro II - (Campo Largo – Paraná) 2014. 210 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia) – Programa de Pós-Graduação em Tecnologia, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2014.

 

 

Publicação e Fotos de: Mafalda Ales Sikora

© 2015 por Culturarte.polonesa. Orgulhosamente criado com Wix.com